O Poder da Mente

Neste texto: os poderes paranormais de Uri Geller. E ainda: Atenção, estão a controlar a sua mente!

Quem é Uri Geller?
Uri Geller (n. 1946) é um israelita naturalizado britânico, que afirma ter poderes paranormais, tais como a capacidade de dobrar colheres, mover objectos e de telepatia. Já foi desmascarado pelo céptico James Randi, que demonstrou conseguir fazer o mesmo com recurso a truques e ilusionismo. Geller processou os seus críticos, perdendo todas as causas. [1]

Num programa televisivo, Uri Geller propõe transmitir a imagem de uma foto para a audiência, com recurso ao poder da sua mente. Afirma que o processo é o mesmo que foi usado em experiências militares americanas: a visão remota. Será que o leitor deste site também consegue receber essa informação? Veja o vídeo.

O programa está em inglês. Eis uma breve tradução do que é dito:

Peguem num lápis e em papel.Os militares americanos conduziram experiências chamadas visão remota. Vamos fazer uma.Nos últimos 10 dias viajei pela Europa e recentemente estive numa capital europeia famosa. No cartão à minha frente está uma fotografia minha numa dessas capitais, com um fundo famoso por detrás. Tenho o cartão voltado, pelo que consigo ver a foto e vocês não. Vou projectar o que está nesta foto para as vossas mentes, mesmo aí para casa. Será o nome da cidade e o que está por detrás de mim. Se se concentrar irá receber as minhas imagens. Podem não receber toda a foto, mas alguns elementos da mesma. E serão bem sucedidos. Sejam positivos. Abram a vossa mente.
Primeiro vou dizer o nome da cidade, da capital, para a vossa mente. Ouçam. (1,2,3)
E agora estou a visualizar a imagem. Estou na imagem. Posso estar à esquerda. Ou à direita. Com um item gigante por detrás de mim. Cá vamos. Estou a desenhar na minha mente, para vocês. Desenhem o que vêem. Escrevam o nome da cidade.
Agora vou virar o desenho e quero que levante a mão, quem acertou.
Vira o cartão, e vê-se a foto dele em frente à Torre Eiffel.

Acertaram? Provavelmente, sim.
Mas não há nada de paranormal aqui. Ao longo da sua apresentação, ele foi dando pistas: viagem pela Europa, cidade, capital europeia famosa, item gigante por detrás. Poderíamos pensar em Paris, Inglaterra ou Roma, mas o item gigante por detrás leva-nos a preterir algumas das hipóteses até ficarmos com a visão da Torre Eiffel, em Paris – local típico para tirar uma fotografia.

E no final ainda há tempo para uma Teoria da Conspiração:
O autor do vídeo salienta a frase mencionada por Geller, no início:

Os militares americanos conduziram experiências chamadas visão remota.

E escreve de seguida:

se isto é verdade, o governo pode recrutar pessoas para controlar a sua mente!!! Então quero salientar mais uma coisa.

Mostra a capa de um jogo chamada “Command & Conquer – Yuri’s Revenge” (“Comanda e Conquista – A vingança de Yuri”).
E continua:

Para os que não sabem, este jogo de 2001 é sobre um homem que tenta dominar o mundo através do controlo mental… Imagine que o Anticristo possui tais poderes… Você nem teria pensamentos livres!!!

Explicação:
A visão remota, de facto, foi alvo de experimentação, mas não demonstrou os resultados pretendidos, senão seria hoje válida. É rejeitada pela comunidade científica, sendo considerada Pseudociência.
Então, com base nessa premissa, tenta montar um raciocínio lógico na forma Se… então…Se isto é verdade, então o governo pode controlar a sua mente. Aqui se vê, de novo, algo que é comum às teorias da conspiração: o governo a tentar controlar os cidadãos.
E que evidências existem para apoiar esta ideia? Aparentemente, a prova é o jogo: “Command & Conquer – Yuri’s Revenge”. O autor recorre a um trocadilho com os nomes Yuri e Uri, assim como à temática do jogo: um grupo de psíquicos que pretende controlar a mente da população mundial.
Outro facto comum às Teorias da Conspiração: a mistura de factos com coincidências, sugerindo que são provas ocultas.

[1] – http://www.skepdic.com/geller.html

Uma Resposta a “O Poder da Mente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: