Perigo de Morte em Lisboa! – Mito Urbano

Mais um e-mail que anda a circular, mas que não passa de um mito urbano. Veja a explicação no final.

(Nota: o que está a negrito é da minha autoria, para salientar os pontos que irei focar na explicação).

.

Pyschoactive_Drugs

Drogas psicoactivas (Crédito: Thoric)

.

**********

O PERIGO ANDA À SOLTA MUITO CUIDADO – LEIAM P.F.

Atenção a este novo PERIGO DE MORTE – divulguem!!! já chegou a Lisboa!!!

Atenção quando forem abordados por um homem de muletas que lhes dê um papel com um número de telefone para ligar, não o faça; leia o que se segue, e quando for abordado por tal homem lembre-se disto.

*Atenção é mesmo importante. Pode ser mortal.

É muito conveniente estar atento…

O último sábado procurava um telefone público e encontrei um apenas em frente ao estacionamento de Soriana (Praça de Espanha, Lisboa).

Estacionei a alguns metros mais atrás e desci do carro. Entretanto chegou um homem sem uma perna e com muletas.

Perguntou-me se podia ajudá-lo a marcar um número, e deu-me o cartão de crédito para a chamada e um papel onde estava anotado o telefone.

Com muito prazer para ajudar, peguei no papel e comecei a marcar o número.

Então em poucos segundos comecei a sentir que desmaiava. Acontecia algo de anormal, corri para o carro e fechei-me enjoado.

Tonto, tentei ligar o carro e afastei-me um pouco, estacionando aí…Depois, não me lembro de mais nada.

Mais tarde despertei enjoado, a cabeça estourava-me… consegui chegar até minha casa, seguindo de imediato para o hospital.

Após os exames ao sangue, confirmou-se o que já suspeitava. Era a droga que está de moda: a “Burundanga” ou “Escopolamina”.

“Tiveste sorte, disse-me o médico”. Não foi uma intoxicação, mas apenas a reacção à droga…Não quero imaginar o teria acontecido se os teus dedos tivessem absorvido toda a droga ou ficasses lá mais 30 segundos…!

Com uma dose mais forte, uma pessoa pode ficar até 8 dias desligada deste mundo. Nunca tinha pensado que aquilo se podia passar comigo!

E foi tudo tão rápido… Escrevo não para os assustar, mas para os alertar.
Não se deixem surpreender! Oxalá não aconteça nada consigo!

O Médico do hospital (Dr. Raul Quesada) comentou que eram já vários os casos como este e falou dos mortos encontrados sem órgãos.

Encontraram-se restos dessa droga nos dedos dos mortos. Estão a traficar os órgãos!!!!!!!!

Tenham cuidado e enviem a todos os familiares, amigos, vizinhos…. Podem salvar uma vida!

A “Escolopamina ou Burundanga“, usada também em medicina, provém da América do Sul e é a droga mais usada pelos criminosos (geralmente em número de 3) que escolhem as suas vítimas.

Actua em 2 minutos, faz parar a actividade do cérebro e com ela os criminosos roubam à vontade as vítimas fazendo-lhes o mal que pretendem:

Roubos, Abusos, etc. E DEPOIS, NÃO se LEMBRARÃO de NADA!!! Em doses maiores pode fazer a vítima entrar em coma e até levar à morte.

Pode ser apresentada em rebuçados, doces, papel, num livro que se abre… um pano, que uma vez aberto, deixa escapar a droga em forma de gás…..Cuidado com pessoas que vêm falar connosco, como se nos conhecessem…especialmente nas estações… Não deixe entrar estranhos em casa !!!

Reenvie este alerta a toda a gente dos seus contactos.

Ana Paula Fradinho
Instituto da Droga e da Toxicodependência, IP
Departamento de Planeamento e Administração Geral, Núcleo de Gestão de Recursos Humanos
Pç de Alvalade, n.º 7 – 8.ª piso, 1700-036 Lisboa*

Façam o favor de reencaminharem para os vossos amigos e conhecidos, pois com estas coisas não se brinca, e há que ter em atenção as nossa rapaziada mais jovem, muitas das vezes estão cheia de boa-vontade para ajudar o próximo e caem com mais facilidade numa armadilha destas.

**********

. 

Por que é falso?

  1. Recorre à falácia do tipo “apelo à emoção” e pede para ser divulgado ao estilo de e-mail em cadeia (chain mail).
    O facto de referir as expressões “perigo”, “já chegou a Lisboa” e “pode ser mortal”, serve para assustar as pessoas, e só por isto deve tornar-nos cautelosos quanto ao conteúdo.
    .
  2. Soriana é uma cadeia de supermercados de origem mexicana, e que não existe em Portugal.
    .
  3. O mesmo e-mail já teve outras versões onde se indica que o alegado acontecimento ocorreu noutras localidades: Curitiba (Brasil), ou em Espanha.
    .
  4. Não indica o nome do Hospital, e as únicas referências que encontrei sobre o alegado Dr. Raul Quesada remetem todas para este e-mail.
    .
  5. Sobre a droga:
    a) Escopolamina, também conhecida como burundanga, é um fármaco utilizado como anti-espasmódico principalmente em caso de úlceras e cólicas. Constituinte do Buscopan, usado para alívio da dor e desconforto abdominal, segundo o site do Infarmed.
    b) A absorção da droga não se dá através da pele, como referido no texto.
    c) Incoerência no que toca ao modo de administração: primeiro diz que é através de contacto directo com a pele, posteriormente refere que é através da libertação de gases. Como referi, não é deste modo que a droga faz efeito.
    .
  6. Sobre a Ana Paula Fradinho, contactei-a, e ela deu-me a seguinte resposta: “(…) Pois de facto não passei este e-mail, deu imenso jeito a quem o fez usar o meu endereço, sendo eu funcionária do Instituto da Droga. Agradeço-lhe a atenção de me comunicar, mas infelizmente esta situação, com o meu conhecimento, já corre há + ou – 2 anos.” Para além desta situação ser aborrecida para a funcionária do instituto é grave pois trata-se de crime de apropriação indevida de correio electrónico.
    .
  7. Na realidade, este e-mail já circula em Portugal pelo menos desde 2009.

.

Conclusão:
Trata-se de mais um mito urbano, que mistura dados reais (nome da droga) com um relato fantasioso, que não aconteceu em Portugal, como demonstrei.
Sempre que o leitor se depare com e-mails deste tipo, desconfie e faça uma pesquisa rápida na Internet. Normalmente, estes e-mails já foram desmontados no passado, só que voltam ao activo alguns anos depois.
Evite enviar e-mails em cadeia que servem para bloquear os servidores, ou para ficarem com os endereços de correio electrónico das pessoas de modo a enchê-los posteriormente com spam.

.

3 Responstas a “Perigo de Morte em Lisboa! – Mito Urbano

  • Muito bem. Quando recebo mails deste tipo vão logo para o lixo. Infelizmente continua a haver pessoas acríticas que só servem de correias de transmissão para este tipo de tretas.

  • Realmente, se estão a passar falsos alarmes às pessoas, deviam descobrir, quem o faz!
    Será que o livre acesso ao computador é atacado por mentes perversas e temos que estar
    sujeitos à falta de caráter, sentimentos e respeito pelos outros?…
    Lamento e também reprovo o que se está a passar. Até um deficiente serve para palco de tão vil encenação…etc. etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d bloggers like this: