Comcept na Algarve Vivo I: Naturopatia

Como já tínhamos aqui mencionado, a COMCEPT iniciou uma colaboração com a revista Algarve Vivo que se traduz na publicação de uma coluna bimensal sobre terapias alternativas.

O primeiro fruto dessa colaboração já está nas bancas (número de Junho-Julho) e aborda a Naturopatia.

Aqui fica a imagem do texto publicado:

.

Naturopatia - Algarve Vivo

“Naturopatia”, por L. Abrantes, J. Monteiro e D. Barbosa (Algarve Vivo, Junho-Julho de 2013).

.

3 Responstas a “Comcept na Algarve Vivo I: Naturopatia

  • bem estou a ver que vocês pensam mesmo que com meia dúzia de larachas e o pseudo argumento de evidencias cientificas se dão ao direito de falar de tudo e de nada….a naturopia trouxe o homem até meados do sec 20 se isso não são evidencias da sua praticabilidade de certeza que são os “estudos” feitos esporadicamente sobre, boa alimentação, bons hábitos, exercício e afins…vocês vão se borrar depressa…com que propriedade falam disso? olhem a medicina tradicional chinesa por exemplo no inverno só pratica sopas, mochas, e chás, ou seja naturopatia…vão dizer que não há evidencias cientificas sobre a qualidade das mesmas ? ou pensam que na população mais bem sucedida da nossa espécie estiveram á espera do sec 20 para se tratarem? acordem

    • Desculpe, “população mais bem sucedida da nossa espécie”??
      Não, a chamada Medicina Tradicional Chinesa tem imensas falhas e grande parte das práticas não foi verificada cientificamente ou foi até já descartada como pseudo-científica.
      Já abordámos alguns dos problemas da MTC aqui no site, se quiser ler sobre o assunto.
      E, por falar em temas abordados, sim, falamos de todos aqueles que interferem com a vida das pessoas por recurso a maus argumentos ou até a puros enganos com fins comerciais.
      No site, apresentamos sempre referências e a devida argumentação em favor/contra.
      No caso de uma crónica de 1500 caracteres, obviamente, não pode ser dado esse tratamento em profundidade, como certamente concordará.
      Mas tem essa informação aqui.

    • A naturopatia trouxe o homem até meados do século XX? Bem, tenho alguma dificuldade em compreender o que o Eduardo Mascarenhas pensa da naturopatia, já que o termo nasce no final do século XIX. Na prática de diagnóstico e de tratamento estão presentes uma quantidade de terapias sem fundamento, muitas delas inventadas durante o século XX. Mas pode verificar esse assunto no link já indicado pela D. Barbosa.

      Por outro lado, a medicina tradicional europeia, através de purgas, sangrias, mezinhas e chás (muito próximo do que é a medicina tradicional chinesa) trouxe o Homem até meados do século XX com uma qualidade de saúde bem inferior à actual, com uma esperança média de vida baixa e uma alta taxa de mortalidade infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d bloggers like this: