Magia Integrativa causa polémica em Hogwarts

PetaNews_banner3

 

castle-1176423_640A Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts surpreendeu a comunidade mágica ao anunciar a introdução da disciplina de Magia Integrativa. A Magia Integrativa tem como objectivo complementar a sabedoria milenar das artes mágicas com o conhecimento mundano da ciência muggle. Em entrevista ao Daily Prophet, a directora Minerva McGonagall defende que a disciplina vai enriquecer a experiência dos alunos e reitera a confiança em Arthur Weasley, especialista em assuntos muggle nomeado como docente da nova disciplina.

Para Arthur Weasley, “há coisas que a magia convencional ainda não consegue explicar” e que não se pode negar o facto de que cada vez mais bruxas e feiticeiros encontram respostas na ciência muggle. Weasley refere o exemplo da cirurgia LASIK como uma alternativa a feitiços que reparam óculos partidos, um problema comum no mundo mágico.

Contudo, nem todos são da mesma opinião. Várias vozes advertem que a introdução da disciplina de Magia Integrativa causará um dano irreparável na qualidade do currículo e na credibilidade da escola. “A ciência muggle nada mais é do que pseudo-magia”, argumenta Lucius Malfoy, “as pessoas pensam que os telemóveis e os aviões funcionam por princípios mágicos quando na realidade estão limitados às leis da física. É um disparate”.

Aviso: Esta é uma notícia satírica com fins puramente humorísticos. Nenhum dos factos descritos deve ser interpretado como real.

Artigo publicado na eComcept no dia 20 de Setembro de 2017

2 Responstas a “Magia Integrativa causa polémica em Hogwarts

  • Caríssimos,
    Venho protestar veementemente a falta de honestidade que demonstram neste artigo.
    O combinado seria publicar o mesmo texto no Daily Prophet e no PetaNews. Claro que a parte das fotografias teria que ser diferente, vocês muggles são uns tristes e nas vossas fotos ficam sempre com aquele aspecto pasmacento e parado no tempo. Mas adiante…
    Li a notícia no Daily e no Peta e, para minha surpresa, vejo que vocês nem metade do artigo publicaram. Onde está o resto do texto? Onde está a entrevista com a Professora Granger? E com a Professora Luna?
    Como esperam manter uma coexistência pacífica entre o mundo mágico e o mundo muggle, sem este reforço constante da fantasia? Será necessário voltar a lembrar-vos da importância que o pensamento mágico tem para o equilíbrio entre o nosso mundo e o vosso?
    Deixem-se lá de cepticismos e publiquem a excelente entrevista da Prof.ª Luna sobre Astrologia e Mediunidade. Os nossos embaixadores no vosso mundo, Professor Karamba e Doutora Maya, têm-me mandado corujas e revelado preocupação.

    A entrevista com a Professora Granger também não pode ficar esquecida. Como sabem, ela assumiu este ano lectivo a dispiclina de Poções e é uma autoridade no assunto. Vejam lá que ela até acedeu a usar uma bata branca (abominável!) para a fotografia, como o vosso repórter solicitou. Ah, não se esqueçam de fazer a substituição da palavra “Poções” pela vossa “Homeopatia”.

    Cumpre-me informar-vos que já mandei uma coruja ao Ministro da Magia a relatar esta quebra do acordo e se, na edição de amanhã, não publicarem o resto do artigo, contem com uma agradável visitinha de uns dementors.
    Não vejam isto como uma ameaça; apenas um aviso…

    Com saudações fulminantes,
    Deepak Chopra, Assessor do Ministro da Magia para a Informação

    • Lamento mas não vamos publicar mais nada. Pode até tentar lançar a maldição imperius para nos obrigar, mas devo informá-lo que já adquirimos os talismãs protectores da doutora Maria Helena pelo que tal tentativa seria completamente fútil. Cumprimentos e obrigado pelo feedback. 😛

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d bloggers like this: