Cépticos com Vox VI: Pseudo-História


Detalhes do evento


Agosto está a terminar e a Comcept está de volta para a rentrée.

No dia 8 de Setembro, sábado, a Comcept está de volta com mais uma edição dos Cépticos com Vox, como tem sido habitual, no Café Vox n’A Voz do Operário pelas 16h.  E desta vez o tema escolhido será a pseudo-História.
Como ciência humana, a História tem sido alvo de alguns ataques – nem sempre visíveis e fáceis de identificar – e que derivam muito  da falta de compreensão do método histórico, de concepções pósmodernistas e até da confusão entre mito e facto histórico. Mas é sobretudo a ideologia aquela que mais contribui para a construção da pseudo-história.
Os casos mais visíveis são aqueles que se prendem com o negacionismo – como por exemplo, a negação que o holocausto foi real. E muitos casos de pseudo-história servem de suporte para várias teorias da conspiração. Mas o campo da pseudo-história é bastante alargado: Desde a busca da Arca de Noé, passando pela construção das Pirâmides por extraterrestres, às ideias ligadas à descendência de Jesus e da Maria Madalena, até às ideias de civilizações ultra-avançadas tecnologicamente na Antiguidade.
Outros casos, mais perigosos por partirem de alguns campos académicos, têm minado a nossa compreensão da História e do que esta disciplina nos pode dizer sobre o passado. Por ser uma ciência humana, dependente da escolha, análise e interpretação no presente de factos sucedidos no passado, o historiador necessita de estar bem ciente das fragilidades e subjectividades inerentes a este processo. Existe, por isso, algum pensamento pósmodernista que tem tentado reduzir a História a uma mera construção literária, onde a relação entre os factos históricos existe apenas na mente do historiador e que todo o discurso histórico é apenas uma versão ficcionada do passado. Esta posição é, claramente, uma porta aberta para a sustentação de ideologias e até mesmo para a fraude histórica.
Apareçam para uma conversa informal sobre estes temas e saber como podemos identificar a História e distinguí-la da pseudo-história.

Tema: Pseudo-história

Quando? Dia 8 de Setembro de 2012, sábado, pelas 16 horas

Onde? No Vox Café, Rua da Voz do Operário, 13

A Voz do Operário fica entre o Largo da Graça e a Igreja de S. Vicente de Fora (por detrás da Feira da Ladra). Por ser um sábado, dia de feira, os locais para estacionar não abundam. O meio de transporte mais recomendado (e ecológico) é o eléctrico nº 28.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d bloggers like this: