Cépticos com Vox XVI: A invasão do mundo académico pela pseudociência

Atribuição dos signos astrológicos a partes do corpo, prática comum na medicina medieval e moderna. Fonte: wikiCommons

Estamos de volta às nossas tertúlias mensais e à cidade de Lisboa!

O próximo Cépticos com Vox vai acontecer dia 21 de Setembro, sábado, desta vez pelas 15h30 * e na nossa “casa” alfacinha, o Vox Café N’A Voz do Operário. E para entrarmos com os dois pés (não somos supersticiosos, nem discriminamos entre canhotos e dextros) num novo ciclo de actividades, julgamos que temos um tema que promete ser bastante interessante: “A invasão do mundo académico pela pseudociência”

Essa infiltração passa despercebida na maioria dos campos académicos e provavelmente só é conhecida dentro de um número restrito de pessoas. Mas na área da Medicina, é cada vez mais visível, pelo menos no que diz respeito à percepção do público em geral.

Nos últimos anos tem havido um esforço por parte de várias terapias alternativas para alcançar credibilidade junto do grande público. Essa credibilidade passa, muitas vezes, por alterações subtis no vocabulário, publicidade através de info-documentários e, este ano, algumas delas alcançaram mesmo o reconhecimento pelo Estado. Mas se estas situações passam à margem do mundo científico, já a lenta infiltração nos hospitais e nas universidades legitima, de forma clara, estas terapias como tendo sido alvo de rigor académico. Alguns exemplos: Reiki em hospitais, a cursos de Acupunctura e Moxibustão para profissionais de saúde.

Para falar sobre a compatibilidade entre Medicina, ciência e as terapias ditas não convencionais, vamos ter um convidado especial, Armando Brito de Sá.

Armando Brito de Sá

Licenciado em Medicina (1982), Mestre em Gestão em Saúde (2001), Doutor em Clínica Geral e Medicina Comunitária (2003). Especialista em medicina geral e familiar desde 1989, é médico de família desde então, sendo presentemente coordenador e médico de família na USF Conde Saúde. É Professor Auxiliar Convidado na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. É Consultor da Direcção Geral da Saúde.

Foi membro da Missão para os Cuidados de Saúde Primários (2005-08) Secretário Nacional da Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral (APMCG) (1990-95), Director da Revista Portuguesa de Clínica Geral (2002-2004) e Presidente da Associação de Docentes e Orientadores de Medicina Geral e Familiar (2003-2007). Tem servido em cargos na APMCG e em diversas organizações, nacionais e estrangeiras, incluindo a Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA), Banco Mundial e Organização Mundial de Saúde.

Foi Bolseiro da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (1988). Recebeu uma Menção Honrosa do Prémio Pfizer 1984 (co-autor) e o Prémio Fernando Valle 1991 (primeiro autor).

Tem como interesses científicos primários metodologia de investigação, literacia científica, educaçao médica, infecções sexualmente transmisíveis, comunicação médico-paciente e gestão e informação em saúde.

CÉPTICOS COM VOX XVI

Tema: A invasão do mundo académico pela pseudociência

Quando? Dia 21 de Setembro de 2013, sábado, pelas 15h30 * Por motivos técnicos, a nossa tertúlia acontece um pouco mais cedo, visto estar previsto um concerto no Vox Café e a montagem do palco tornará a nossa conversa difícil após as 18h.

Onde? No Vox Café, Rua da Voz do Operário, 13

A Voz do Operário fica entre o Largo da Graça e a Igreja de S. Vicente de Fora (por detrás da Feira da Ladra). Por ser um sábado, dia de feira, os locais para estacionar não abundam. O meio de transporte mais recomendado é o eléctrico nº 28.

Podem confirmar a vossa presença no evento que criamos no Facebook ou então no Google +

Apareçam!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d bloggers like this: