Michael Specter: O Perigo do Negacionismo da Ciência

Para Michael Specter o medo das vacinas, oposição aos "alimentos Frankenstein" e a mania das curas naturais indicam o crescente medo do público pela ciência

Alegações de que a vacinação causa autismo, proibições de “alimentos Frankenstein”, a mania das curas naturais: tudo isso indica o crescente medo do público (e muitas vezes rejeição completa) da ciência e da razão. Michael Specter alerta que essa tendência é uma ameaça desastrosa para o progresso humano. Legendas em português do Brasil.

Michael Specter é jornalista no New Yorker há mais de uma década, escrevendo sobre ciência e política. No seu livro, Denialism, ele analisa como os movimentos contra as vacinas, alimentos geneticamente modificados, medicina baseada na ciência e soluções biotecnológicas para as alterações climáticas podem colocar o mundo em perigo. Ele argumenta que este moderno sentimento anti-ciência pode impedir-nos de tomar as escolhas correctas para o nosso futuro.

Outros artigos
“Sem Limites” ou “Com Mazelas”?
João L. Monteiro
Cépticos no Museu… e Jardim
D. Barbosa
Nomeações para o Prémio Unicórnio Voador 2022
Comcept