Ministério da Saúde substitui vacina por cebolas

Aviso: Esta é uma notícia satírica com fins puramente humorísticos. Nenhum dos factos descritos deve ser interpretado como real.

PetaNews_banner3

CebolasA vacinação contra a gripe era até hoje recomendada a utentes com maior risco de complicações, nomeadamente pessoas com mais de 65 anos. Contudo, numa conferência de imprensa esta manhã, o ainda Secretário de Estado da Saúde anunciou que a vacina contra a gripe vai ser substituída por cebolas. “A partir de hoje recomendamos que os utentes com mais de 65 anos espalhem cebolas cortadas pelas divisões da sua habitação”, disse Eurico Alves, “as cebolas vão funcionar como um potente íman de vírus e bactérias”.

A decisão baseia-se numa nota informativa que chegou ao Ministério da Saúde através das redes sociais. A informação, com uma imagem de cebolas em pano de fundo, foi avaliada segundo os mais rigorosos critérios de estética e popularidade. “Milhares de pessoas partilharam esta informação”, explicou Eurico Alves à PetaNews, “tantas pessoas não podem estar erradas”.

Para além dos benefícios para a saúde dos utentes, o Ministério destaca ainda o estímulo que esta medida representa para a agricultura nacional e indústria dos ambientadores. Adicionalmente, está também prevista uma drástica redução na despesa com as pensões concedidas pela Segurança Social e Caixa Geral de Aposentações.

Aviso: Esta é uma notícia satírica com fins puramente humorísticos. Nenhum dos factos descritos deve ser interpretado como real.
Artigo publicado na eComcept no dia 13 de Novembro de 2015
Outros artigos
“Sem Limites” ou “Com Mazelas”?
João L. Monteiro
Cépticos no Museu… e Jardim
D. Barbosa
Nomeações para o Prémio Unicórnio Voador 2022
Comcept