Livro: “A Verdade e a Mentira das Vacinas”

Mário Cordeiro, A Verdade e a Mentira das Vacinas. Desassossego. 2017. 256pp.

averdadeeamentiradasvacinascapa

Publicado após o surto de sarampo que vitimou uma adolescente e em que mais de metade dos casos registados foram de pessoas não vacinadas, A Verdade e a Mentira das Vacinas é uma resposta à desinformação e aos mitos que ainda persistem sobre este tema.

Da autoria do pediatra Mário Cordeiro, o livro é dirigido sobretudo aos pais que pretendam esclarecer dúvidas sobre as vacinas e as doenças contra as quais nos protegem. Logo no anterrosto é possível encontrar um pequeno excerto que descreve a postura do autor ao longo de todo o livro:

As decisões relativas à saúde dos filhos são, obviamente, da responsabilidade dos pais. É um seu direito e um seu dever. Mas para os exercerem de forma lúcida, serena, e assertiva, é fundamental que estejam informados, e informados por meios científicos, rigorosos e não baseados no «diz-que-diz» ou no que alguém resolveu «postar» numa qualquer rede social, tornando mentiras em fenómenos «virais»

Os primeiros dois capítulos do livro são dedicados à história das vacinas e do Programa Nacional de Vacinação (PNV) português, onde o autor destaca o enorme empenho e sacrifício pessoal de médicos e enfermeiros que levaram as vacinas até aos recantos mais pobres e isolados do país, tornando o PNV num êxito notável a nível mundial.

Nos três capítulos que se seguem, Mário Cordeiro responde a uma série de dúvidas num formato de «pergunta/resposta» onde mães e pais colocam questões que são depois respondidas pelo autor. É também aqui que Mário Cordeiro desmonta os mitos e teorias da conspiração mais comuns do movimento anti-vacinação, alerta para os perigos de se procurar respostas no «Dr. Google» e critica ainda a actuação de alguns profissionais de saúde que por motivos burocráticos ou conhecimento desactualizado podem comprometer as taxas de vacinação, por exemplo, complicando a vida de pais que têm dificuldade em arranjar tempo para ir aos centros de saúde ou difundindo falsas contra-indicações que já não se aplicam às vacinas de última geração.

Nos capítulos seis e sete o pediatra descreve a causa, sintomas e prevenção das doenças que possuem vacinas no PNV, mas também, de doenças que podem ser prevenidas por vacinas que ainda não fazem parte do PNV. Infelizmente, sendo o PNV um programa de princípios universais e gratuitos, existem constrangimentos financeiros que impossibilitam a inclusão de todas as vacinas actualmente disponíveis.

No capítulo oito, o autor declara ser contra a imposição, pela via da lei, da obrigatoriedade da vacinação, mostrando-se preocupado com a injustiça social das penalizações que acabariam por afectar sobretudo os mais pobres e vulneráveis. Mário Cordeiro argumenta ainda que a obrigatoriedade da vacinação não levou a maiores taxas de vacinação em alguns dos países onde esta já existe e que a solução deve passar por informar a população e lutar activamente contra a propaganda dos movimentos anti-vacinação.

O livro fala ainda de algumas vacinas que realmente não são para ser tomadas por todos. É o caso de vacinas contra doenças que, devido ao modo de transmissão, só fará sentido tomar quando se viaja para um país onde a doença seja endémica. E, no último capítulo, o autor disserta sobre o futuro das vacinas e de várias inovações que estão actualmente em desenvolvimento.

Em conclusão, A Verdade e a Mentira das Vacinas é um livro bastante acessível e útil para qualquer jovem mãe ou pai com dúvidas sobre as vacinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: