ComceptCon 2017

Estamos no Outono e isso é sinal de… ComceptCon!

Na nossa primeiríssima ComceptCon, nos idos de 2012, um dos temas que mais interesse despertou foi o da conferência sobre Viriato — ou, melhor dizendo, sobre os mitos a ele associados. Tal como esses mitos que o João Tereso tão bem desmontou, imensos mitos salpicam os nossos conhecimentos históricos e, por isso, entendemos que esta era a altura de dedicar uma edição inteira da ComceptCon a eles. Este ano, deixamos a invicta cidade do Porto e rumamos até à acolhedora Leiria para uma ComceptCon reacheadinha de mitos históricos:

Imagem do castelo de Leiria com o título da ComceptCon 2017: Era uma vez... Estórias da História

 

A ComceptCon está agendada para o dia 11 de Novembro e terá lugar no belo Museu de Leiria, mais precisamente na antiga Sala do Capítulo deste antigo convento convertido em museu, estando integrada no programa do Centenário do Museu. Contamos, portanto, com o precioso apoio institucional da Câmara Municipal de Leiria.

Como é habitual, a entrada é livre, mas pedimos que se inscrevam neste link para podermos melhor receber os participantes.

 

Fotografia do Auditório do Museu de Leiria

Auditório do Museu de Leiria (antiga Sala do Capítulo do Convento de Sto Agostinho)


Intervenientes:

Este ano, temos alguma novidades no programa:
Pela primeira vez, contamos com uma convidada internacional entre os nossos quatro oradores convidados. E, também pela primeira vez, para além das intervenções individuais, todos os convidados participarão ainda num debate final, em torno do tema “A História é uma ciência?“, moderado por Vânia Carvalho, arqueóloga e directora do Museu de Leiria.

E os nossos oradores são…

Imagem relativa à conferencia de Antonia de Oñate sobre as Idades Históricas

Antonia de Oñate é a nossa primeira convidada internacional! A Antónia é espanhola e Directora Executiva da ARP – Sociedad para el Avance del Pensamiento Crítico (ARP-SAPC), organização congénere da COMCEPT no nosso país vizinho. É historiadora de formação e relações públicas de profissão remunerada. Como historiadora, investiga os aspectos sócio-económicos da transição do século XVII para o XVIII; como relações públicas, trabalha para uma grande empresa madrilenha (Metro de Madrid) onde, entre outras tarefas, elaborou actividades didácticas e gere agora as relações internacionais.

Como poderão adivinhar, a conferência da Antonia será feita em castelhano, mas estamos certos que todos nos entenderemos. Abordará algumas das ideias feitas (erróneas?) acerca das idades históricas, nomeadamente sobre a quasi-mítica Idade Média, época à qual atribuímos muitas características que, quiçá, não serão assim tão acertadas.

 

Imagem relativa à conferencia de Leonor Abrantes sobre os mitos do património

Leonor Abrantes é uma das fundadoras da COMCEPT e, actualmente, faz parte da direcção da nossa associação. Pela sua formação académica e interesses profissionais e pessoais, foi desafiada a abrir a ComceptCon deste ano! A Leonor é guia-intérprete de profissão, mas tem formação superior em História e História e Filosofia da Ciência.

É uma casa portuguesa, com certeza…” Quem não reconhece esta estrofe tão cantada por todo o mundo? Será que a casa portuguesa é mesmo como a canção descreve? E que outra imagética temos do nosso património e tradições? Serão as nossas tradições culturais tão antigas quanto pensamos? E as ameias dos castelos que pontuam a nossa raia? Estas e outras interrogações servem de mote para a abertura da ComceptCon e para o dia de (des)construção de mitos.

 

Imagem relativa à conferencia de Luís Filipe Torgal sobre Fátima

E por falar em desconstrução… essa é a palavra-chave da intervenção de Luís Filipe Torgal, professor de História do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, doutorado em Estudos Contemporâneos pela Universidade de Coimbra e investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS20). É autor dos livros “O sol bailou ao meio-dia – A criação de Fátima” (Tinta da China, 2011) e “Tomás da Fonseca. Missionário do povo” (Antígona, 2016).

Numa ComceptCon sobre mitos históricos em 2017, era inevitável falarmos do fenómeno de Fátima, ocorrido há 100 anos. Era também indispensável que o fizéssemos pela voz e saber do Luís que, para além de toda a investigação feita, está a ponto de lançar mais um livro sobre esta temática, com título homónimo ao da sua intervenção.

 

Imagem relativa à conferencia de Paulo Sousa Pinto sobre os descobrimentos

Paulo Sousa Pinto é investigador no CHAM – Centro de Humanidades (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa) e tem como principais interesses temáticos as diásporas asiáticas, a expansão europeia na Ásia (séculos XVI-XVIII) e os impérios ultramarinos ibéricos. É também divulgador de História, sendo autor do livro “Os Portugueses Descobriram a Austrália? 100 Perguntas sobre Factos, Dúvidas e Curiosidades dos Descobrimentos” (Esfera dos Livros, 2013) e do programa diário de rádio “Os Dias da História” (Antena 2).

O tema dos chamados descobrimentos portugueses é complexo e multi-facetado, por isso o título deste intervenção também é um pouco mais longo do que os demais: Navegadores Intrépidos e Conquistadores Magnânimos — Colombo, Gama, Albuquerque e a mitologia dos Descobrimentos. Um desafio para o Paulo e para nós, os participantes.

 

Contamos convosco!

O programa completo, com o horário detalhado, será divulgado em breve.

 

Parceiros institucionais:

Câmara Municipal de Leiria e Museu de Leiria

Logótipos da Câmara Municipal de Leiria e Museu de Leiria

 

 

 

 


O básico:

Quando?
11 de Novembro de 2017 — das 10h00 às 19h00

Onde?
Auditório do Museu de Leiria, no antigo Convento de Santo Agostinho
(Rua Tenente Valadim, 41 — 2410-190 Leiria)

Como chegar?
O Museu de Leiria encontra-se muito próximo ao centro histórico da cidade, mesmo junto ao Rio Lis. A estação da Rodoviária do Lis está a poucos minutos a pé.
Comboio – Estação de Leiria (mais afastada do centro histórico)

É acessível a todos?
Sim, o espaço é acessível para cidadãos com mobilidade condicionada

 

 


O Cartaz:

cartaz_ComceptCon17

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d bloggers like this: